quarta-feira, 29 de julho de 2009

Ler é tanto...


Amo tanto ler, que resolvi publicar na íntegra este texto feito pelo mestre Gabriel Perissé.

Ler é ver, e vender a alma a mim mesmo.

Ler é webmaster ser da própria existência.

Ler é xover com "x" para manter a ordem.

Ler é ynventar um verbo com "y" e ver no que vai dar.

Ler é zíper a fechar e abrir.

Ler, enfim, é percorrer as letras e nunca chegar ao fim. Porque o abecedário é pouco para tanta fome e sede de leitura.

Ler é 1 dos muitos atos que nos fazem ler quem de fato somos.

Ler é 2 livros ler ao mesmo tempo e neles se espelhar.

Ler é 3 vezes mais do que qualquer outro prazer solitário.

Ler é 4 paredes, entre as quais descobrimos quem é inferno ou paraíso para os outros.

Ler é 5 dias no deserto para descobrir o errado, e o certo.

Ler é 6 por meia dúzia, pequena quantidade incerta.

Ler é 7 dias de trabalho, de sol a sol, de lua a lua.

Ler é 8, ou oitenta.

Ler é 9, fora e dentro de mim, viagem para o aquém e o além.

Ler é 10, nota máxima, gesto musical do leitor compulsivo.

Ler letra ou numeral é, em suma, um delito legal.


Gabriel Perissé é Doutor em Educação pela USP e escritor
Website: http://www.perisse.com.br/

2 comentários:

Petê Rissatti disse...

Cada um fala uma coisa, dá uma data. Se for essa mesma a data do Dia Nacional do Livro, nasci no dia certo!

Beijos e abraços

Í.ta** disse...

gabriel escreve tantas coisas boas!

parabéns pela escolha do texto.