quarta-feira, 15 de outubro de 2008

# LEITURA IMERSA

.

...tenho passado páginas a fio...
Todos passamos!
Escolho os livros na estante:
aqueles pra levar nas mãos,
outros às escondidas
e finalmente os que não mais lerei.
Às vezes, enquanto caminho à prateleira,
distraio-me súbita-mente...
E ao me dar conta
devoro páginas proibidas.
Agora,
como concluir a bibliografia indicada?
Tombo-me em mim a biblioteca...
soterro-me de livros,
livros de todos os tipos
e me deixo-estar ali,
completamente livrado....
JOÃO F. A. CUNHA
.
PS. Disse-me o autor quando enviou-me este poema:
"Sady, escrevi este poema pra você (na época que você estava surtando sem conseguir acompanhar o curso e estudar), e gostaria vê-lo publicado no "Movimento Livro na Mão"

4 comentários:

Petê disse...

Que delícia, João. Precisa voltar mais por aqui.

Por que você não está no livro não mão? Vou te mandar convite de novo.

tay disse...

Olá, Muito interessante o blog, parabéns. Adicionei um link em www.peufrj.wordpress.com

João Cunha disse...

Agradeço aos Movimento pela homenagem e pelo convite!
Participarei sempre!
Abraços, João F. A. Cunha

João Cunha disse...

"aos Movimento" ficou feio, corrigindo: ao Movimento...